sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Sá Pinto, és bestial


Da notícia duas mensagens importantes:

1 - Sá Pinto sabe escrever.
2 - O Moutinho sabe ler.

Talvez todos os clubes possam dizer o mesmo dos seus directores desportivos e capitães... agora ter um director boxer e puro é único em Alvalade, sim, o Sá Pinto é um puro, e no seu sentido do dever não olha a catalogações sociais, tanto bate num seleccionador como num jogador. Poucos têm essa coerência.

Sexta vitória consecutiva do Sporting. O Sporting estava em crescendo. Perante esta realidade o que fez Sá Pinto? Isto: que a época estava a ficar fácil demais para o seu Sporting, e que algo teria de ser feito com urgência para repor os níveis de dificuldade adequados à grandeza do clube. Um clube raçudo, feroz, selvagem não alinha em situações onde as vitória se começam a suceder uma às outras. Não, nunca. Sá Pinto, és bestial.

No próximo jogo, há uma ida a Braga que é decisiva para a consolidação equipa do Sporting, e importante quiçá para a classificação final do campeonato. Espero que recuperem deste episódio e reapareçam fortes na Pedreira.

6 comentários:

  1. Caro am, simplesmente soberbo e cheio de sarcasmo este post.

    ResponderEliminar
  2. jscript:alert("AAAAAAAA")

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  4. Sá Pinto como director desportivo!! só podia ser uma anedota. ainda bem que acabou e para bem do futebol português.

    ResponderEliminar
  5. interesava-vos o sporting ganhar em Braga, não era?

    ResponderEliminar
  6. pelo menos no sporting as coisas resolvem-se á porrada,se fosse no benfica era com paneleirices,tipo calado vs melão!

    ResponderEliminar