sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Que se repita em 2011

Depois de um Natal cheio de paz e alegria, desejo um FELIZ 2011 cheio de saúde e felicidade. Abraço glorioso.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

A grandeza do Benfica em números - audiências provas nacionais


Números são enganam. Venham de lá os quarenta milhões pelas transmissões televisivas, nem menos um tostão.

A grandeza do Benfica em números - audiências televisivas época 2010/2011

(as posições referem-se ao global do ano 2010)

No que diz respeito às audiências da época em curso, 2010/2011, época que não decorre como esperávamos, o Benfica domina o TOP 10, rivalizando com a selecção nacional.

Vejamos, no caso dos clubes, os jogos do Benfica aparecem por quatro ocasiões, o colosso Porto só aparece na tabela porque jogou contra o Benfica. Sporting, Braga e Guimarães aparecem uma só vez.

Mais logo o Top 5 das competições nacionais e o Top 5 da Liga.

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

A grandeza do Benfica em números - audiências televisivas em 2010

No TOP10 de 2010, há 6 jogos de selecções ( 5 jogos da selecção portuguesa e a Final do Mundial 2010), e 4 jogos onde o Benfica é interveniente.

No top 20, o domínio da marca Benfica é avassalador. O Benfica aparece como interveniente em nove ocasiões, a selecção nacional em 6 o Porto em duas ocasiões (contra o Benfica e Sporting) e o Sporting em três ocasiões (duas contra Benfica e Porto).

O jogo mais visto desta época aparece em 17º lugar, e foi o Beira Mar-Benfica.

Mais logo as audiências televisivas da época em curso.

O futebol está falido

"Em Portugal, os clubes das ligas profissionais acumulam um passivo superior a 816 milhões de euros. Só à sua conta, os três grandes absorvem quase 90% do total. (…)O Benfica agravou as contas de 125 milhões para 398,8 milhões. Este acréscimo deve-se à incorporação da Benfica Estádio e ao empréstimo obrigacionista. (…) Em contraponto, o activo subiu para 412,7 milhões. O F. C. Porto também sofreu um agravamento, mas em muito menor escala, de 141,1 para 157,5 milhões. Esta verba inclui o corte de 2,6 milhões no primeiro trimestre de 2010/11. (…) Em Novembro, os portistas aprovaram um orçamento de 94,7 milhões, o maior de sempre em Portugal. (…)A fechar o triunvirato dos grandes, o Sporting viu disparar a rubrica das dívidas para quase 173 milhões. (…)Comportamento meritório nas finanças teve o Braga. Reduziu o passivo para 5,4 milhões, em boa parte à custa das vendas, onde angariou 11 milhões (…). Do mesmo não se pode gabar o V. Guimarães, retido na fasquia dos 15 milhões, embora ainda sem contabilizar a transferência de Bebé para o Manchester United, por 8,8 milhões."

in
JN, 27/12/2010

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Jesus em destaque

Em dia de Natal nada mais apropriado que Jorge Jesus merecer destaque em todos os jornais desportivos.

Como hoje é dia de Jesus, desejo Boas Festas a todos, um Feliz Natal e um grande abraço Benfiquista.

Uma declaração sensata e inteligente

“Penso que todos os adeptos benfiquistas percebem o sentido dos seus elogios, que têm a intenção de dividir a família benfiquista. Vou permanecer muitos mais anos no Benfica. Vou continuar a ganhar e a dar muitas alegrias aos benfiquistas”

Jorge
Jesus, durante uma iniciativa de solidariedade da “Acreditar”.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Rui Santos desta vez acertou

"É Natal, é Natal, mas... Pinto da Costa sabe que, ao elogiar Jorge Jesus, está a tentar semear a divisão e a discórdia no Benfica. O presidente do FC Porto nunca deixou estas situações ao acaso e, ao longo dos anos, foi refinando a sua apetência por "marcar" os treinadores com uma espécie de "ferro em brasa". Surge a mensagem, quase sempre indireta, do 'interesse em'. É uma espécie de condicionamento psicológico. Quem não gostaria de treinar o FC Porto? Não faltavam candidatos ao lugar ocupado por André Villas-Boas. Candidatos antecipadamente "marcados". Ou por serem (ex) discípulos da "escola". Ou por se terem revelado noutras paragens. Ou por serem cobiçados pelos adversários. Pinto da Costa é assim: estratego, tudo em benefício da maior das suas "paixões" (embora muito bem remunerada), o FC Porto. Jorge Jesus, por se ter tornado treinador do Benfica, achou que não deveria ajudar no combate ao "FC Porto de Pinto da Costa". São públicas as manifestações de simpatia entre o presidente portista e Jorge Jesus. Na Luz, essa "independência" do seu técnico nunca foi muito bem entendida nem digerida. Porque entre o "direito ao afeto" e a "lógica da instrumentalização", nem sempre vence a razão. A defesa tardia de Jorge Jesus por parte dos responsáveis benfiquistas (nestas matérias, as hesitações só são legítimas durante um par de horas...), num momento em que os resultados deixaram de combinar com o fulgor da época passada, levou Pinto da Costa a "forçar a nota" e a "carregar nas tintas" no âmbito de uma ampla solidariedade às competências de Jorge Jesus, no seguimento dos elogios protagonizados por André Villas-Boas sobre o mesmo assunto. É Natal, é Natal, mas, entre palhinhas, apetece perguntar: afinal, quem é o burro?..."

Rui
Santos, que erra mais vezes que aquelas que acerta, hoje nas páginas de Record.

Boa sorte na nova aventura

Imaginava que terminarias a carreira no Glorioso. Não foi possível, mas guardo na memória exibições memoráveis ao serviço do Benfica. Boa sorte na Turquia.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Glorioso de Portugal

A RTP prestou um verdadeiro serviço público.

Insistir nesta “não notícia”, para quê, porquê e a mando de quem?

"O tratador da águia "Vitória", Juan Bernabé, disse que vai falar hoje com o presidente do Benfica, porque tem contrato até 2013 e bens pessoas no interior das instalações desportivas", pode ler-se em destaque em todos os meios de comunicação social.

Oh meus amigos, digam-me lá uma coisa: Quantos conflitos laborais existem por dia em Portugal? Quantos processos disciplinares são levantados por dia em Portugal? Quantos despedimentos com justa causa são feitos por dia em Portugal?

Pois é! Então expliquem-me lá porque é que este caso merece tanto destaque na comunicação social? Em abono da verdade estas fofoquices, mais não são que um ultraje aos milhares de trabalhadores que todos os dias perdem os seus empregos neste País!

Insistir nesta “não notícia”, para quê, porquê... e a mando de quem, meus senhores?

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Já chega

No Verão passado Luís Filipe Vieira triplicou o ordenado do jesus, só porque o Pinto fez constar que o queria contratar. A clausula de rescisão disparou!

Agora que o Pinto bufou que Jorge Jesus é "um grande treinador", espero sinceramente que Luís Filipe Vieira não lhe duplique o ordenado. Já chega.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

O apito dos penaltis

O apito foi, é e sempre será algo importante para o desempenho de um árbitro, mas ao invés do que foi escrito e dito, não é preciso que um árbitro o use para dar início ou reinício de um jogo, no que se inclui uma grande penalidade, ou interromper a partida. A regra apenas diz que o árbitro deve fazer um sinal, em situação alguma menciona ter de "APITAR".

Elmano Santos no Dragão teve o condão de elevar à condição de imprescindível aquilo que até aqui não passava de um instrumento acessório. Em benefício de quem: PORTO. Tem sido assim desde o início do campeonato.

PS - Esta informação acerca das lei do jogo foi transmitida de forma clara por Coroado, nas páginas do jornal Ojogo.

Ilações da Mata Real

Há penaltis a favor de uns tão fáceis de marcar mas a favor de outros tão difíceis de descobrir.

domingo, 19 de dezembro de 2010

Vamos lá resolver isto

A águia é o símbolo vivo do Clube e não é a mesma coisa ir ao Estádio e não ver a Vitória. Vamos lá resolver isto, salvaguardando, como é óbvio, os interesses do Glorioso.

sábado, 18 de dezembro de 2010

Marcamos e goleamos

O Benfica venceu hoje o Rio Ave por 5-2. Foi um belo jogo que foi um cheirinho de campeão à imagem da época passada. Marcamos e goleamos.

Agora, passa-se algo de muito estranho neste campeonato. Começa a ser ridículo, (deve ser problema de óculos) não se marcarem penaltis a favor do Benfica. Há alguma ordem do Sr. Fernando Gomes?

Honestamente, depois do que se ouviu nas escutas do apito dourado, parece-me óbvio que está preparado o terreno para o Porto ser campeão. Já disse e repito, o Porto (como das outras vezes que foi campeão), usa e abusa de expedientes e frutas para ter a vida facilitada. É incontestável.

PS - Como é agradável os jogos à tarde. Vejam o meu caso, desloquei-me a Lisboa ao fim de almoço e às nove da noite já estava em casa.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Erro de casting

“Estou arrependido da minha escolha (opção pelo Benfica em detrimento do Porto). Reconheço que o Benfica é um grande clube, e, há três anos, o Rui Costa, que na altura ainda era jogador, convenceu-me a assinar. Sabia que ele seria diretor-desportivo a curto prazo e por isso decidi-me. Depois fui vítima de um problema político, pois saiu José Veiga, o dirigente que apostou em mim, e deixei de contar. Quando me lembro do interesse do FC Porto...”

Zoro
, ex- jogador do Benfica

Está na hora de mudar a tradição

(clique na imagem para ampliar)

Quis o "destino" que o Benfica encontrasse o Estugarda nos "oitavos" da Liga Europa. Recorde-se que o Benfica nunca conseguiu vencer nenhum clube na Alemanha. Portanto a tarefa não se avizinha fácil, mas está na hora de quebrarmos a tradição.

E já agora aqui fica o sorteio da Liga dos Campeões, onde o Benfica deveria estar.

(clique na imagem para ampliar)

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

A coisa não vai ser fácil

Adversários difíceis, jogamos a segunda mão em casa do adversário. Enfim as coisas na Liga Europa não vão ser fáceis.

Amanhã
esperamos que o sorteio nos favoreça. Que venha o Twente.

Vem aí um extremo esquerdo

E o Urreta? Não era extremo esquerdo?

Para além do mais, o Benfica continua a fazer juz à campanha que assinou para se comprar o que é nosso no sentido de auxiliar
a economia portuguesa. Pois bem, aí vem mais um jogador argentino. Parabéns Benfica pela coerência!

Mas se vier, passa a ser o MELHOR extremo
esquerdo a jogar em Portugal!

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Já esta na altura de usarem luvas térmicas nos sorteios

Realizou-se esta quarta-feira na sede da Federação Portuguesa de Futebol, o sorteio referente aos quartos-de-final da Taça de Portugal. Eis o resultado:

FC Porto (L) - Pinhalnovense (2.ª)
Rio Ave (L) - Benfica (L) ou Olhanense (L)
Académica (L), U. Madeira (2.ª), Bombarralense (3.ª) ou Louletano (2ª) - V. Setúbal (L)
Varzim (LO), Gondomar (2.ª), C.Piedade (3.ª), Ribeirão (2.ª) ou Merelinense (2.ª) - V. Guimarães (L)

Um exemplo de trabalho e abnegação

Um pouco antes da meia-noite de 15 de Dezembro de 1960, Eusébio pisou pela primeira vez a placa do Aeroporto de Lisboa: passaram 50 anos desde o dia em que o "Pantera Negra" chegou para representar o Benfica.

É um exemplo de trabalho e abnegação, sempre modesto e um grande benfiquista.

Que tenha muitos anos de vida. A sua presença como figura publica é um bem inestimável para o país.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Não é este que nos tem ROUBADO nos últimos anos

"Não sei o que o sr. António Garrido faz com o FC Porto. Mas sei que é sogro do Olegário Benquerença. Sei que ele acompanhava muito o FC Porto..."

Jacinto
Paixão, na Benfica TV. Transcrições aqui

Da série "Frases que impõem respeito"[23]

"Benfica deixou Villas-Boas trabalhar à vontade"

Jesualdo
Ferreira, em entrevista ao jornal Ojogo

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Olha lá, oh Jesus

Olha lá, oh Jorge Jesus, consegues explicar-me porque é que todos os atletas que que sugeriste à direcção, para a presente época -Kardec, Éder Luís, Airton, Jara, Gaitan, Fábio Faria, Roberto -nenhum pegou de estaca?

Rui Costa atento

Os aprendizes de Pinto da Costa já estavam a cumprir as ordens do DONO quando se dirigiam para o túnel, com o objectivo de arranjarem confusão e desculpas para a derrota que era mais do que evidente, face à incapacidade de jogar melhor e virar o resultado.

Ainda bem que Rui Costa estava atento, senão este ano teríamos o Braga com a mesma desculpa esfarrapada
que teve na época passada em relação ao campeonato.

domingo, 12 de dezembro de 2010

Missão cumprida

Sem efectuar uma grande exibição a justiça da vitória é inatacável, já que o Benfica foi claramente superior durante os 90 minutos.

Menção
honrosa para o guarda-redes Júlio César pela monumental defesa aos 87 minutos e pela, mais que evidente, estabilidade que transmite ao quarteto defensivo Benfiquista!

Que não se repita

"É verdade que tínhamos o objectivo de chegar à final e ganhar. Durante a primeira parte não fomos uma equipa tão forte como normalmente somos, não houve grandes oportunidades, sofremos o golo de bola parada, situação em que o Benfica é muito forte. Nos últimos 45 minutos, jogámos sempre no campo adversário, tentámos descobrir os caminhos para poder finalizar e acreditei sempre que a equipa ia fazer golo, devido ao caudal ofensivo. Em momentos decisivos não concretizámos as oportunidades. O Vitória procurou defender a vantagem, umas vezes com qualidade e outras com sorte.Fizemos tudo para ganhar, faltou fazer o golo. Os jogadores estiveram ao nível do que têm feito e não tenho nada a apontar-lhes, pois fizeram tudo para não ganhar ou, pelo menos, para não perder."

Jorge Jesus, no final do jogo Benfica - Guimarães da época transacta, onde fomos eliminados da taça de Portugal

sábado, 11 de dezembro de 2010

E agora?

Perante mais uma provocação de Villas Boas - "O Sporting recebeu as prendas de Natal no fim do Verão" -, o que vai fazer o JEB. Vai fazer frente ao clube da fruta ou continuar o beija mão ao papa?

Onde falhamos? No presidente?

"Sei que tenho o plantel e o treinador certos."

Luís
Filipe Vieira, em entrevista à Benfica TV

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Agora que estamos praticamente a meio da época, não posso deixar de destacar o que de bom tem feito Fábio Coentrão. Depois de um arranque em força, passa agora por um período de menor fulgor, esta jovem águia tem sido, quanto a mim, o melhor e mais regular jogador do Benfica. Claro que ainda tem enorme margem de progressão, mas penso que seja seguro dizer que, ao contrário de Kardec, Filipe Menezes ou outros comprados no supermercado Argentino e Brasileiro, este é daqueles que soubemos fazer crescer como águia à imagem dos que precisamos para atingir os nossos objectivos.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Vamos lá ter calma

"... um dos primeiros a sair foi Luisão, que acabaria por ver a sua viatura a sofrer alguns pontapés quando os adeptos presentes constataram que o vice-capitão das águias não ia parar para ouvir as queixas da massa associativa presente."

Vamos lá ter calma e demonstrar que somos diferentes. Não estamos no Porto, onde a claque atira garrafas em chamas contra o carro do treinador. Repito, temos que ser diferentes para melhor.

23348 espectadores contra o Shalke

Não se tomem medidas urgentes, de forma a restaurar a confiança dos adeptos, e qualquer dia teremos menos de 20 mil espectadores no estádio.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Palavras sábias

"Os jogadores não têm vontade de lutar. Parece-me uma equipa triste e sem alma"

"Jesus tem cometido vários erros, embora a culpa não seja só dele. Não é tão mau como dizem agora, mas também não é tão bom como fizeram dele no ano passado"

"É evidente que pode haver problemas mas é preciso que haja uma reflexão por parte de quem deve tomar medidas. Esta paragem permite que a façam, embora, por vezes, essas medidas não sejam fáceis de tomar".

Gaspar
Ramos, antigo dirigente do Benfica.

Será assim tão complicado resolver este problema?

É que já não há Benfiquista que aguente ver a sua equipa levar golos de bola parada.

Salvo pelo Leão de França

Mais grave que a derrota, que já começa a ser uma normalidade, é Jesus não encontrar diferenças entre a produção da equipa esta época e na temporada transacta, reiterando, na conferência de imprensa após o jogo, que “tudo está dentro da normalidade” e o “empenho é igual”.

"Está tudo dentro da normalidade"? Jesus eu sou um dos teu defensores, mas também já começo a perder a paciência para tanta parvoíce junta!

Os deuses estão com o seu filho mais pequeno! Estou convicto, que o afastamento das competições europeias teria ditado o afastamento de Jesus do comando técnico do Benfica. Foi salvo pelo Leão de França.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Massacrante é estar sempre a pensar no Benfica!

"Deve ser massacrante estar a 8 pontos"

Vítor Pereira, treinador adjunto do FC Porto que orientou a equipa frente ao Vitória de Setúbal, por castigo de André Villas-Boas.

Para além disso foi oportuna a "boca" do rapaz. Para quem ficou a 8 pontos na época passada, efectivamente, é falar do que sabe. E, quando assim é, não há que levar a mal.

Elmano estará a esta hora a beber um cafézinho com leite e a comer uma frutinha de dormir

Sempre quero ver o que Villas-Boas vai dizer em relação ao relatório desde árbitro. Provavelmente para ele, Elmano Santos está ao "nível dos melhores do mundo".

Se isto fosse nos anos oitenta ou noventa naturalmente que era admissível. Estaria no patamar do Carlos Calheiros e já teria no correio duas viagens ao Brasil pagas pela agência de viagens do Joaquim Oliveira. Mas, caramba, estamos em 2010, e isso é que me deixa espantado.

Fico a aguardar
o que Vitor Pereira vai dizer!

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Não, não é contra o Vitória, é sim a favor dos Corruptos

"Não sei se Elmano Santos tem alguma coisa contra o Vitória. Já não é a primeira vez que acontece e não podia ter marcado uma grande penalidade daquelas".

Manuel
Fernandes, em referência ao castigo máximo que deu o golo a Hulk e o triunfo ao FC Porto.

O título é tudo

Roberto estreia luvas frente ao Schalke

Lido o título da ABola, quem não tiver oportunidade de ler a notícia fica com a ideia de que há uma relação entre o mau início de época de Roberto, com as luvas utilizadas.

Afinal, trata-se de um novo e revolucionário modelo de luvas, concebido pela HO Soccer e baptizada de Ghotta Hybrid. A marca garante que, além dos leves materiais escolhidos do dorso da luva, é revestida do melhor látex (Aquacontrol), tendo dois tipos de corte: Roll e Negative, que proporciona um controlo total da bola.

E que tal, em primeiro lugar, conseguir o apuramento

"O ano passado fomos aos quartos-de-final (liga Europa) e temos muita ambições. Já tivemos a experiência do ano passado e temos a convicção de que chegaremos mais longe esta época".

Jorge Jesus, na antevisão do jogo, da liga dos campeões, contra o Shalke.

domingo, 5 de dezembro de 2010

Intrigante

Na sexta feira, debaixo de um temporal, peguei no meu filho (já um completo doente pelo Benfica) e fomos assistir ao jogo do Benfica. Para quem viu o jogo, principalmente no estádio, não deixou de estranhar o facto dos jogadores do Benfica nem se mexerem. Todos a passo e com uma apatia intrigante. Parecia que estavam ali a cumprir uma pena decretada por um juiz que os tinha obrigado a jogar à bola.

Não se trata de jogar mal ou bem. Trata-se tão somente de correr ou não correr. Agora gostava de saber a quem se deve este intrigante sub rendimento. Aos árbitros, às saídas do Di Maria e Ramires, ao sol ou à chuva, ou... o que poderei eu dizer?

Cada um
acredita e faz fé naquilo que mais lhe convém e conforta.

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Deveria ter sido no início da época

Luís Filipe Vieira está em São Paulo a tentar contratar Elias, médio do Corinthians. O Benfica quer fechar o negócio rapidamente, pois deseja incorporar o jogador nas suas fileiras já em janeiro. Elias é considerado um valioso reforço para um plantel que ainda está órfão da saída de Ramires para o Chelsea.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Coisas bonitas

O futsal continua a dar-nos alegrias. Após a ENORME conquista do fim de semana (disputa da final four da UEFA futsal Cup), hoje, uma vitória categórica sobre o Sporting.

Apoio a candidatura de Portugal (e Espanha) à organização do Mundial

Já temos os estádios construídos e as infra-estruturas necessárias. Desta vez, a nossa candidatura à organização de um grande evento internacional de futebol não traz grandes investimentos. Pelo contrário, gera muita promoção. Para além dos imediatamente palpáveis existem outros relacionados com a promoção do país que não são quantificáveis. É uma excelente oportunidade para o nosso País aparecer destacado nos Media internacionais. Com a vantagem adicional de dar dos portugueses uma imagem favorável e interessante de um povo especialmente vocacionado para acolher e para organizar grandes iniciativas.

No contexto actual, seria até engraçado as duas economias que se encontram na mira dos famigerados "mercados" darem uma mostra de alguma força e clarividência para o futuro.

Por isso, apoio a candidatura de Portugal (e Espanha) à organização do Mundial. O acolhimento de grandes eventos internacionais - pelas contrapartidas económicas e de Marketing que eles geram - deve estar na linha da frente das nossas prioridades.

Esta informação faz toda a diferença

"Fui o único jogador que, estando no auge no ano passado com tantas vitórias e tanta glória, sempre disse que não queria sair do Benfica no final da época. Hoje é fácil tentar encontrar um motivo para o David não estar a render da mesma forma e encontrar coisas que não são verdade. Estou muito feliz no Benfica, tenho contrato até 2015, não estou preocupado com renovações nem com dinheiro. Fui eu quem não quis sair"

David Luiz em declarações à imprensa.

Foste tu que não quiseste sair, ou foi o presidente que não te deixou sair? É que esta informação faz toda
a diferença.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Special One, two, three, four, five

Agora que o Mourinho sofreu pela primeira vez uma derrota pesada, é interessante ver a mudança de atitude e comentários em relação à sua competência.

Só um povo muito supérfluo não sabe dar o devido valor nos bons e nos maus momentos. Independentemente do que se passou, José Mourinho é uma sumidade no mundo do futebol.

Facto: O Real Madrid não jogou NADA. Foi completamente anulado em todas as vertentes, uma desilusão total.

A verdade é que se gerou todo um espectáculo em torno de Mourinho e seus discípulos, errado.

E não aceito argumentos quando digo que a equipa do Barcelona é muito mais coesa, dinâmica e técnica
. A qualidade dos passes é soberba, a visão de jogo sensacional. O Real ainda se está a desenvolver, será certamente uma excelente equipa. Mas neste momento, falando dos jogadores, para mim não está no mesmo saco do Barcelona. Há muita coisa que tem que ser mudada, este resultado foi a prova que sob pressão, a equipa ainda tem muitas fragilidades e quebra as linhas com muita facilidade.

Mourinho ainda tem muito trabalho pela frente e sim, algumas decisões que ele fez ontem, podem não ter sido as melhores, mas nem entro em detalhes pois nem me atrevo a julgar a sua capacidade técnica.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Parabéns pela atitude, Jorge Jesus

Jorge Jesus abandonou ontem abruptamente a flash interview da TVI após a vitória do Benfica sobre o Beira-Mar (3-1), por considerar que o jornalista não estava a fazer perguntas sobre a partida.

Ora vejamos o artigo 26º - Comunicação Social (Regulamento das Competições da LPF), número 18 - No final de cada jogo em directo, será realizada uma entrevista (Flash Interview), de carácter obrigatório, que o operador televisivo integrará na sua emissão normal e deverá respeitar os seguintes termos:
a) Terá de se iniciar nos 5 minutos após o efectivo termo do jogo, tendo uma duração máxima de 90 segundos para cada interveniente, e apenas deverá versar sobre as ocorrências do jogo que se acabou de disputar;

Este pseudo-jornalismo de sarjeta, além de manipulado e manipulador, ainda está eivado de pobres cretinos como este que ficou com cara de parvo depois de insistir na transgressão dos deveres por contrato, que é só fazer perguntas sobre o jogo em si.

Estes canais de TV vergonhosos deviam ser controlados por uma tal de ERC, mas parece que é mais uma entidade reguladora para não regular coisa nenhuma. Existem para criar lugares pagos com faustosos ordenados. E o povo e a verdade que se lixem.

domingo, 28 de novembro de 2010

Regresso

O Benfica regressou às vitórias. Os sócios do Benfica também regressaram aos estádios, apesar dos apelos contrários do presidente. E regressa também o campeonato.

Quer se queira quer não, Cardozo (fora certas limitações), tem o condão de ser uma espécie de "farol
" nas áreas adversárias, que indica aos restantes companheiros, qual o caminho a seguir em direcção à baliza! Carlos Martins, mesmo com oscilações, personifica a alma do meio-campo Benfiquista, pelo que deveria ser sempre titular! Quanto aos últimos jogos Nacionais(tirando o desastre do Dragão), fica-se com a impressão que o Benfica se aproxima pé ante pé, do tipo de futebol da época passada.

Sporting Clube do Porto

O que mais me surpreende é a total submissão dos dirigentes e adeptos do Sporting ao Porto.

Será
que são todos adeptos do novo Sporting Clube do Porto e já não há adeptos do Sporting Clube de Portugal?

Vejamos o que tem vindo a ser inventado desde o final do jogo:
1 - Golo em fora de jogo? (e até há quem diga claríssimo fora de jogo). As imagens mostram isso? A menos que inventem uma nova regra o que conta é altura em que o guarda-redes repõe a bola (é a isso que eles se referem). Ora em consciência NINGUÉM pode afirmar que o jogador estava ou não adiantado, porque NÃO HÁ UMA ÚNICA IMAGEM da televisão que apanhe em simultâneo as duas coisas: a reposição da bola e a posição do jogador. A televisão oficiosa do Pinto chegou ao cúmulo de colocar a tal linha amarela virtual num frame em que não se vê o momento da reposição da bola. Isto é vergonhoso! Mas há mais: os jogadores do Porto protestaram não um pretenso fora de jogo mas sim que o jogador do Sporting tinha dominado a bola com a mão. Só depois de a SportTV ter colocado a tal linha é que eles passaram a falar em fora de jogo.

2 - Agressividade? Passividade do árbitro? Perseguição ao João Moutinho? São comentários tão ridículos que nem merecem ser comentados. Mas vindo de quem insiste em transformar o agressor Hulk na vítima Hulk, tudo é possível !

O que se passou
ontem foi apenas e tão só uma vitória táctica do treinador do Sporting.

sábado, 27 de novembro de 2010

De acordo

“Lamento o percurso acidentado que temos vivido. Quando ganhamos, ganhamos todos. Quando perdemos, também perdemos todos

“É com Jorge Jesus que queremos e vamos continuar a ganhar. Conheço-lhe o trabalho, a exigência e a seriedade”

Luís Filipe Vieira, falando perante centenas de Benfiquistas na inauguração da casa do Benfica em Mira.

PS - No
post anterior, talvez não tenha sido feliz, e queria pedir desculpa pelo mesmo.

Quero ser presidente do SLB

«Centenas de árvores foram cortadas no pinhal do Gancho, entre Altura e Monte Gordo, para dar lugar a mais um projecto de Potencial Interesse Nacional (PIN), com 2041 camas e campo de golfe. Os ambientalistas clamam contra mais um "crime anunciado". O promotor é Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, que obteve do Ministério do Ambiente o reconhecimento de "interesse público" para um projecto que esteve mais de duas décadas adormecido.»
09.12.2008, in PUBLICO.pt

«O presidente da Câmara Municipal de Castro Marim, José Estevens, já formalizou a aprovação do alvará de loteamento do resort Verdelago, o que vai permitir o arranque da obra nas próximas semanas.»
19.02.2009, in barlavento.pt

«O projecto do ‘resort' Verdelago, em Castro Marim, no Algarve, já se arrasta há cerca de 18 anos
, dez dos quais nas mãos da Inland. Comprado em 2001 pela empresa de Luís Filipe Vieira (presidente do SL Benfica), a obra - que foi considerada um Projecto de Interesse Nacional (PIN) em 2006 - sofreu uma série de alterações por questões ambientais. No entanto, agora está pronto a avançar. As obras de infra-estrutura deste ‘resort' de 250 milhões de euros ficam concluídas hoje e, segundo o administrador da Inland, Tiago Vieira, "em finais de Fevereiro ou início de Março do próximo ano" arranca a construção dos edifícios.»
26.11.2010, in Diário Económico

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Afixe-se este texto no gabinete de Luís Filipe Vieira

"Os contratos prendem as carcaças dos jogadores aos clubes, mas não há cláusulas que lhes engaiolem os espíritos. Esses, já dizia o grande poeta e humanista Hernâni Lopes, só com carcanhol. Ao ritmo dos títulos e das primeiras chamadas à selecção, sopram-lhes lá de fora salários descomunais, ou quando não sopram os salários, bufa a Imprensa um compêndio de Chelseas e Reais Madrids. E quando não sopram os salários nem bufa a Imprensa, telefona o Di María: "Mi hermanito, hoy tive de alugar una Hiace para trazer do banco aquela plata toda, que desgracia, pobrecito de mi." (…) Nenhum clube que se considere o maior do mundo pode formular um raciocínio que sugira a existência de outros melhores ainda. Não deixou sair quem desesperava por isso, nem lhes comprou a permanência."

José
Manuel Ribeiro, O Jogo, 25/11/2010

Da série "Frases que impõem respeito"[22]

"Se calhar tem o lugar na seleção brasileira em risco se continuar assim. Porque simplesmente não joga um caracol em relação à época passada. Com esta vaidade, ele neste momento não merece jogar na seleção brasileira. Na época passada merecia ter sido titular e até devia ter ido ao Mundial".

Manuel José, criticando a postura do central David Luiz

Quantas derrotas mais?

Quantas derrotas mais, serão necessárias para alguém fazer alguma coisa? Presidente, Director Desportivo, Treinador, Jogadores? NADA!!!!

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Foi mau de mais, mas ainda há muito a ganhar

O Benfica fez uma triste figura no jogo contra o Hapoel. Nada de novo, pois estamos a jogar desta forma a uma série de jogos a esta parte.

Perder daquela maneira, perdem os que não se importam de perder.

Não tenho tempo e nem paciência para apontar culpados entre os jogadores, treinador e dirigentes. Isso dá sempre no mesmo. Uns são contra LFV, outros contra os jogadores e outros ainda contra o treinador e por ai fora.

Fala-se muito e tudo fica na mesma. O que eu não quero é ver o Benfica fazer aquela figura em campo. Há ainda muito para ganhar. E mesmo que não houvesse os jogadores têm contratos para cumprir e salários para justificar.É esta a altura de, quem manda, mandar mesmo.

Peço apenas a quem está no Benfica que faça aquilo para que é pago: dirigir, treinar e jogar. Mas que o faça bem!

Publicado
, por am, em ao ritmo da escola

מועדון כדורגל הפועל תל אביב


Está na hora de parar com as lamentações...

Está na altura de resolver problemas e precaver o resto da época.

Estamos na merda(4)

Luís Filipe Vieira NÃO é responsável. Só assume responsabilidades quando ganha.
Jorge Jesus NÃO é responsável. Foi campeão a época passada, é, e será sempre um herói.
Rui Costa NÃO é responsável. Não abre a boca desde o início da época.

EU SOU O RESPONSÁVEL. Responsável por ainda acreditar nesta MERDA.

PS - Isto é o seguimento, de “Estamos na merda”..., Estamos na merda (2), Estamos na merda (3).

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

E a maçã podre?

Bettencourt: “Moutinho foi sempre um profissional fantástico”

Como é possível a irresponsabilidade chegar a assumir contornos de insulto à inteligência das pessoas
?

E uma grande temporada é?

Bem, para mim é ser campeão, vencer, pelo menos, uma das duas taças e ficar entre as quatro últimas equipas da liga dos campeões. Vem isto a propósito das palavras de Jesus, que se mostra confiante para o jogo com o Hapoel e diz que ganhar ao Hapoel pode ser o ponto de partida para uma grande temporada.Tendo em conta que o campeonato já lá vai, o que poderia ser uma grande temporada? Ganhar as duas taças, chegar às meias finais da Champions, e garantir apuramento para a Champions da próxima época?

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Será que em Milão já sabem pronunciar a palavra saudade?

«Antes de ser Special One (Chelsea), Il Speciale (Inter de Milão) e El Especial (Real Madrid), Mourinho foi Tarzan (União de Leiria) e merda (FC Porto) - a sério. Recuperemos aqui quem o mimoseou com tanto carinho quando ele não era Mou, mas apenas o filho de Mourinho Félix que alimentava ódios nos decanos da velha guarda. Entre eles, Manuel José e Octávio Machado. O deles a seu dono."O Mourinho foi deselegante comigo e com os técnicos portugueses. Estou farto de ver tarzans como Mourinho. Ele ainda é um aprendiz de treinador", por Manuel José em Abril de 2001; "O Mourinho como homem é uma merda", por Octávio Machado, em Fevereiro de 2004. Eles tinham as suas razões, que eram as mesmas: serem trocados por Mourinho. O primeiro, na União de Leiria; o segundo, no FC Porto; e ambos tiveram de pôr um freio nas críticas porque o homem construiu (e continua a construir) uma carreira que muitos tentarão copiar.Mourinho é um treinador de causas. E de efeitos. Quando entra num clube causa alvoroço - os jogadores rendem mais, a equipa idem e os títulos sucedem-se; e quando sai desse clube, o efeito é imediato - os jogadores rendem menos, a equipa idem e os títulos desvanecem. Exagerado? Talvez. Mas o que está a acontecer a Rafa Benítez no Inter só reforça aquilo a que vamos chamar de Maldição Especial: quem vier atrás de Mourinho que feche a porta.»
Pedro Candeias, Jornal i, 23/11/2010, Maldição Especial. Quem vier atrás de Mou que feche a porta.

Mourinho “suga” o que de melhor os jogadores têm para dar, formando colectivos fortíssimos. Contudo, depois dele sair dos clubes, tem havido sempre uma espécie de vazio, quer nos jogadores, que ficam “órfãos do pai”, quer nos adeptos. Será que em Milão, casa do actual campeão europeu e penta-campeão italiano, já sabem pronunciar a palavra saudade?

Venham de lá os lagartos, na meia-final

2 Janeiro 2011: Benfica-Marítimo
19 Janeiro 2011: Benfica-Olhanense
29 Janeiro 2011: D.Aves-Benfica

Se o Benfica vencer novamente a competição, será apelidada de competição menor. Se for eliminado será mais um falhanço na época. Portanto, vamos lá ganhar a Taça da Liga.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

“Penalti claríssimo sobre Hulk que o árbrito viu …”

Para que conste, passo a transcrever aqui a nova regra que ontem foi decidida pelos adeptos do Pinto da Costa: “Sempre que o Hulk estiver atrás de um jogador adversário e este, embora empurrado, não se afastar para o deixar passar, deve ser marcada falta … ao defesa !”

Um dos pobres comentadores da SporTV ainda foi dizendo “não me parece falta do defesa porque ele tinha ganho posição à frente do Hulk”, mas o chefe dos comentadores insistia “eu tenho dúvidas se não foi falta. Isto não é carga de ombros!” Claro que não foi carga de ombros, só que se esquecia de ver quem carregou quem !!!!!

Mais tarde, o senhor Rui na SICN, do alto da sua soberba, afirmou claramente que Hulk tinha sido impedido de prosseguir e, por isso, era penalti, confirmando assim a regra que deve ser estendida uma passadeira (azul) sempre que o Hulk quiser prosseguir com a bola.

Para que tudo fique COMO DEVE SER, temos a IMPRENSA a afirmar que houve penalti sobre o FRANZINO HULK, embora isso seja apenas para disfarçar mais um ROUBO TÍPICO e NORMAL, do futebol Português! Imagino o que dirá hoje o representante do Porto no Dia Seguinte…

Não há pachorra!

domingo, 21 de novembro de 2010

As contas das SAD

Fonte Público

Destaco para refelectir: O Benfica utliza 65% das receitas operacionais (sem venda dos jogadores) para salários ao passo que o Porto utiliza 77%. Um diferencial de 12%.

sábado, 20 de novembro de 2010

Ser Benfiquista é...

Qualquer forma de definir o Benfiquismo está seguramente errada ou incompleta, porque cada Benfiquista vive o Benfica à sua maneira. Da minha parte, não entro em campeonatos do género “sou mais Benfiquista do que tu” e muito menos tenho jeito para dar lições de Benfiquismo. Mas, se quisesse sintetizar numa frase, eu diria que ser Benfiquista é ter alma de Águia, é sofrer com as derrotas e vibrar com as vitórias.


E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!


Ser Benfiquista é amar o BENFICA. Só.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Um exemplo a seguir

In Marca Online

Direitos televisivos

Num artigo de opinião publicado no DN de 02/11/2010, Santiago Segurola, um dos principais jornalistas desportivos espanhóis, analisou a forma como os direitos televisivos cavam a diferença entre os clubes mais ricos/poderosos e os outros e, desse modo, distorcem as competições.

Vale a pena (re)ler, até porque, embora a escalas diferentes, a realidade portuguesa não é muito diferente da espanhola.

"A Liga espanhola está condenada a repetir-se. Cada temporada será a mesma que a anterior, com
uma única diferença; o vencedor. Será o Barça - como nas últimas edições - ou o Real Madrid. É impossível pensarmos numa alternativa. Os optimistas consideravam que este ano oferecia boas possibilidades ao Valência, Villarreal, Sevilha e Atlético de Madrid. Se não conseguissem ser campeões, pelo menos podiam ameaçar os dois colossos do futebol espanhol. A última jornada funcionou como um banho de realidade: os gigantes voltam a estar sós. Villarreal, Atlético de Madrid, e Valência empataram e o Sevilha até perdeu, humilhado em Camp Nou. Encaixou cinco golos.O campeonato está submetido a um processo de destruição. O Real Madrid e o Barcelona recebem mais dinheiro de direitos televisivos que qualquer outro clube no mundo. Cada um cobra 120 milhões de euros pelo seu contrato com a empresa Mediapro. O terceiro clube no ranking é o Valência, com 44 milhões de euros. Segue-se o At. Madrid, com 42 milhões. Equipas como o Sevilha ou o Atlético de Bilbau - dois clubes de tradição em Espanha - recebem sensivelmente 20 milhões. E assim será até 2015. Cada temporada que passa agudiza mais as diferenças, que já são abissais. A competição está destruída, a maioria dos clubes encontra-se na bancarrota e os adeptos cada vez encontram menos motivos para sonharem com as suas equipas. O seu destino está traçado: a mediocridade.A diferença também é escandalosa no que diz respeito às grandes potências do futebol europeu. A Juventus, o Inter de Milão e o AC Milan recebem, aproximadamente, 88 milhões de euros pelo contrato televisivo em Itália, que factura quase 50% mais que o mercado televisivo espanhol. Na Premier League, o sistema de distribuição concede 66 milhões de euros ao Manchester United. Na época passada, o clube que menos dinheiro recebeu foi o Middlesbrough; 40 milhões de euros, quase o mesmo valor que o Valência e o Atlético de Madrid tiveram direito. Se, por outro lado, a Premier League e a Bundesliga se preocupam em manter uma fórmula equitativa que protege todos os clubes, a Liga espanhola distingue-se pelos enormes privilégios de dois clubes e a brutal diferença que os separa dos restantes. Resultado? Uma competição ferida de morte. Com o actual sistema, que seguramente se repetirá a partir de 2015 - último ano do actual contrato -, o futebol espanhol está condenado à destruição. A Liga espanhola não é uma competição real. É um lamentável simulacro. Na época passada, o Barcelona obteve 99 dos 114 pontos que disputou. O Real Madrid conseguiu 96 e fez 102 golos. Perdeu a Liga porque foi derrotado nos dois jogos com o Barcelona. No fim de contas, a Liga resume-se ao duelo - primeiro em Camp Nou e depois no Bernabéu - entre as duas equipas. O restante tem, apenas, um valor ornamental. É comovente o esforço de equipas como o Hércules, recém-promovido à primeira divisão. Frente ao Real Madrid adiantou-se com um golo madrugador de Trezeguet. O sacrifício para manter a vantagem foi algo de dramático. O Real Madrid reagiu e marcou três golos na segunda parte. Ninguém pensou, por um momento que fosse, numa possível surpresa. É uma Liga sem nuances, empobrecida por um capitalismo selvagem que não atende os interesses do futebol em geral, apenas aos interesses muito particulares de dois clubes que não têm a mínima solidariedade."

Temor e tremor

Uma Selecção com Patrício na baliza e Postiga no ataque, ganha por 4-0 ao Campeão do Mundo e Campeão da Europa. Temor e tremor.

Mas calma, calma… A Nato foi rápida a reagir e já marcou uma cimeira para discutir esta ameaça à estabilidade internacional, aqui para Lisboa mesmo. Começa hoje, porque não há tempo a perder.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

"Portugal nos organiza La Mundial"

Os espanhóis caíram de quatro

Portugal 2 – 0 Campeões Mundiais
+
Portugal 2 – 0 Campeões Europeus
=
Portugal 4 - 0 Espanha

Ooooooollllllééééééééé!!!!!!

Lamentamos, prof. Carlos Queirós, mas ficou demonstrado que, com mais trabalho e menos quezílias se obtêm melhores resultados.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Se Jesus não acreditar em milagres, quem acredita?

Comunicados à CMVM

"A passagem do Estádio da Luz da Benfica Estádio para SAD faz com que os encarnados fiquem obrigados a declarar à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) negócios de valores superiores a... 19 milhões de euros, confirmou a O JOGO fonte dos campeões nacionais. Tudo porque a sociedade anónima do clube da Luz ficou agora com um total de activos de 381 milhões de euros. Como é apenas obrigada a declarar ao mercado transacções que ultrapassem 5 por cento desse valor, só terá que o fazer a partir de 19,05 milhões de euros."
in O JOGO

Esta notícia esclarece as condições em que a SAD do Benfica é obrigada a declarar transacções. Presumo que as regras para as restantes sociedades anónimas desportivas sejam semelhantes, ou não?

terça-feira, 16 de novembro de 2010

A arte de dizer tudo numa frase

"Sou extremamente feliz aqui, aprendi a amar este clube, a viver este clube. Aprendi que só entrar em campo e jogar à bola é pouco. É viver, é entender o sentimento das pessoas, das crianças, das senhoras que “torcem” por nós. Fico até arrepiado. Tudo o que puder fazer para retribuir esse carinho, eu faço. Não tem dinheiro que pague essas coisas".

David Luís, em declarações ao site IG Esporte.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Uma necessidade constante da TVI em ser mais que a concorrência.

Os comentários dos "comentadores" da TVI chegam a ser hilariantes. Na ânsia de ultrapassarem a concorrência são ainda mais sectários que a SportTV.

Não creio que seja um caso de servilismo ao Padrinho ou de clubite aguda.

Encaro mais este fenómeno como uma "necessidade" constante da TVI em ser mais que a concorrência.

A SIC tem programas pimba? OK, nós vamos ver bi-pimbas. A SportTV só emite comentários anti-Benfica? OK, nós vamos ser duplamente anti-Benfica !

E assim sucessivamente. E depois, contam a falta de capacidade crítica dos espectadores para continuarem a ser líderes de audiência.

Benfica venceu a batalha Naval

A equipa da Figueira jogou de igual para igual até ao intervalo. Na 2ªparte, o Benfica lembrou- se de pôr em prática o futebol da época passada. O adversário naufragou e o Benfica venceu a batalha Naval.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Efeito do vinho (que o whiskey é muito fino)

"Para ilustrar a minha desilusão, mostrei ao grupo uma imagem: se o Pep Guardiola viesse cá fazer 12* contra dez no nosso meio-campo não nos faria golo em 15 minutos, porque os jogadores demonstram isso no treino."

Paulo Sérgio, treinador do Sporting, comentando os golos sofridos diante do Guimarães.

*o
12º de quem o homem falava, talvez fosse o da bandeira, aquele que viu a bola entrar no 2º golo.

Da série "Frases que impõem respeito"[21]

"Di María chegou da Liga portuguesa e rapidamente se transformou num jogador importante. Pensei que precisasse de mais tempo."

José
Mourinho, mostrando-se "impressionado" com o jogador Argentino.

Já leram?

A-PV, in Master Groove, AQUI HÁ GATO!

Jesus e Domingos

Os que tanto criticaram Jesus (Domingos e Salvador), devem estar a morder a língua. Parece que as competições europeias estão a fazer mossa.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Em saldo

Em tempo de crise dá sempre jeito, mas o real objectivo desta medida é melhorar a média de assistências. É que, mesmo com a equipa a ganhar, as médias de espectadores, no Dragão, têm sido medíocres...

Salvou-se o resultado...

... se não vejamos, olhando para o que se passou nas últimas 48 horas: destas, cerca de metade foram passadas em aviões, salas de espera de aeroportos e 'transfers' de autocarro; mais umas horas para actividade social, umas tantas para jogar, são capaz de sobrar umas horitas para dormir. Acrescentar a tudo isto um clima com 30º de temperatura.

Se isto não é desgastante, o que será? Mas, nem tudo foi mau. Trouxemos euros e ganhamos dois zero mantendo intacto o prestígio por terras Angolanas.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Rir é o melhor remédio*

Eram assim Pinto da Costa e Carolina:
A cena passa-se ainda no tempo em que o Pinto da Costa e a Carolina viviam o seu amor romântico.
Pinto da Costa chega a casa e grita: - Querida. Prepara-te que bais lebar 4 quecas, carago!
- Amor, responde a Carolina. Tomastes 4 Biagras?
- Não!
- Trago 3 árbitros...

* piada (será?), que circula pela net.

37 milhões gastos e chegam a esta conclusão

"O jogo com o FC Porto revelou algumas lacunas do ponto de vista de matéria-prima. Também revelou um adversário que foi melhor e mereceu a vitória. Do lado do Benfica houve algumas opções estratégicas muito contestáveis, mas daí a imputar-se exclusivamente a responsabilidade ao treinador vai uma grande distância".

Luís Nazaré, presidente do Assembleia Geral do Benfica

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Estamos na merda (3)

Não, este não é um post para aproveitar o resultado do clássico e embalar no enxovalho e na crítica fácil. Este é, pelo contrário, um post para aproveitar o que se passou e deixar algumas perguntas a todos nós.

1- Se, há coisa de meses, tivessemos levado quatro batatas em Liverpool e se essa derrota se tivesse devido, em grande parte, à utilização de um central como lateral esquerdo e, o nosso treinador voltasse a fazer a mesma merda e levássemos cinco, o que diríamos do nosso treinador?

2- O que diríamos, também, se sentíssemos que a principal preocupação do nosso treinador na abordagem a um clássico, tinha sido a de preparar a equipa para defender deixando, inclusivamente, um dos nossos maiores craques, quem sabe o maior, de fora?

3- Ainda no que toca ao treinador, que díriamos nós se o nosso treinador fosse incapaz de assumir os seus próprios erros e, pior, atribuísse a mais pesada derrota de sempre em casa do adversário, a mais uma noite inspirada de um jogador cuja ausência, na temporada passada, é argumento dos adeptos desse mesmo adversário para justificar a não conquista do campeonato?

4- Eu não sei se Villas Boas, caso tivesse noutro qualquer clube, estaria a ter o sucesso que está a ter no Porto. Mas sei que há algo que, das três ou quatro vezes que vi jogar os tripeiros, me saltou à vista: os jogos estão bem preparados e o adversário bem estudado.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Estamos na merda (2)

Quando Jorge Jesus, no último defeso, abordou o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, dizendo-lhe que tinha uma proposta fantástica do FC Porto apresentada pelo seu amigo Pinto da Costa, a única decisão que o líder das águias deveria ter tomado era indicar-lhe a porta da rua e não mimoseá-lo com um aumento chorudo de ordenado e um prémio avultado pelo título nacional.

Os resultados estão à vista. Jorge Jesus agarrou nos milhões, pintou o cabelo de loiro, deixou de ser um treinador activo no banco e comporta-se agora como uma estática "loira burra" a observar cândidamente a sua equipa a jogar péssimo futebol, a anos-luz da grande maioria dos jogos da época passada.

A manutenção de jogadores contrariados na Luz (Luisão, David Luís e Cardozo), o flop das contratações (Roberto, Gaitan, Jara, Salvio e Fábio Faria), a manutenção de pesos-mortos ou jogadores sem qualidade no plantel (Júlio César, Moreira, Luís Filipe, Sidnei, César Peixoto, Filipe Menezes, Weldon, Alan Kardec, Nuno Gomes e Mantorras), a baixa de forma elementos antes fudamentais (Aimar, Saviola e Carlos Martins), a equipa encontra-se reduzida à boa vontade e empenho de Maxi Pereira e Fábio Coentrão.

Sem Di Maria não se compreende a dispensa do jovem Urreta, assim como não se entende tantas apostas em jogadores novos sul-americanos, com um campo tão vasto de recrutamento na Europa, com "activos" atléticos, com boa técnica e habituados ao ritmo europeu.

Estamos
na merda, haja alguém que assuma as responsabilidades.

“Estamos na merda”...

.. foi o que disse o sr. Rummenigge sobre o seu Bayern. E o que dirá o Vieira sobre a actual situação do Benfica? Qualquer coisa como “quem desrespeitar o bom nome do Benfica e dos seus profissionais ficará privado de entrar nas instalações do clube”, ou ainda "como castigo, vamos a Angola em passeio, buscar uns euros, o campeonato, a taça de Portugal e a liga dos campeões são de somenos".

“Estamos na merda” e o presidente do clube só se preocupa em transformar o BENFICA numa coutada de caça pessoal. Em vez de resolver problemas, quer tapá-los. Nem uma coisa, nem outra. Só regras, ameaças, choradinhos, compadrios, só merda.

O verbo

Desesperar
v. tr., intr. e pron.
1. Fazer perder a esperança.
2. Fazer perder a paciência.
3. Encolerizar.

domingo, 7 de novembro de 2010

Em Espanha os bilhetes são mais baratos!!!!

Os bilhetes mais baratos, para assistir ao encontro Real Madrid - Atlético Madrid, para o Quarto Anfiteatro, custam 65 euros. Depois, há entradas a custarem 230 euros e, na zona VIP, com direito a catering, há três preços: 225, 350 e 500 euros.

O ladrão volta sempre ao local do crime. Será?

É claro que ao Porto resta-lhe esperar que o pequeno “detalhe” que neste tipo de encontros definem o resultado final funcione mais uma vez em pleno. Para tal basta que a vitória ou mesmo o empate se repita.

O intérprete máximo lá está como sempre, pronto a dar o melhor. Agora é só fazer o trabalhinho a preceito e a jeito da maioria que normalmente conquista pontos e títulos por decreto; trabalhinho esse que como sabem, é “ROUBAR” um penalti ao Benfica e sancionar um golo precedido de fora-de-jogo a favor do Porto, perdoar amarelos e vermelhos aos caceteiros e espetar, na melhor oportunidade um amarelo aos jogadores do Benfica, para os pôr em sentido, tudo isto ainda com zero a zero, e depois é só controlar o resultado.

Pelos vistos, segundo "eles" o empate já serve, "eles" lá sabem porquê, mas quando "eles" assim entendem é caso para não ter dúvidas que os "Decretos" funcionarão posteriormente em pleno, mesmo que, por fim e, com os propósitos conseguidos surja um penalti desconhecido a favor do Benfica já sem qualquer efeito, que como sempre servirá apenas para branquear mais um “ROUBO” por decreto.

sábado, 6 de novembro de 2010

Porra, e quem pára Aimar, Martins ou Coentrão

Record
Hulk tira o sono a Jesus

Mais Futebol
Falcão ou Luisão?
Varela vs Maxi Pereira.

Até parece
que o campeão Nacional é o Porto, e que todos nós estamos cheios de medo dos jogadores da agremiação corrupta. Ridículo.

Mas alguém acredita?

Henriques Fernandes garantiu que a PSP, bebendo da experiência do último clássico para a Liga, montou um dispositivo que visa evitar que se repitam os apedrejamentos e arremesso de garrafas com tinta contra o autocarro do Benfica

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

A culpa é do túnel

Relatam os jornais desportivos, que Cebola, ao dirigir-se para o túnel, deu meia volta e “cresceu” para o director-geral do Porto. A pronta intervenção de elementos do banco portista, entre os quais o treinador André Villas-Boas, acalmou os ânimos, mas tal facto não impediu Cebola de ainda simular um pontapé num objecto que estava pousado no chão.

Pelo
que percebi da notícia foi o túnel que provocou a reacção do jogador do Porto. Sentiu-se indignado por ir para o balneário e reagiu. Nada que já não tenhamos visto. Aliás atitudes destas no Porto são comuns. Mas como são todos bons rapazes, a culpa é do túnel.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Números que geram preocupação e interrogações

Na época 2009/2010, a Benfica SAD conseguiu reduzir o prejuízo de 34,9 para 19 milhões de euros. Uma evolução «alicerçada nos resultados desportivos».

O Benfica teve um ano com excelentes receitas que dificilmente poderá ultrapassar. Realiza 29 milhões na venda de jogadores e ainda consegue ter um prejuízo de 19 milhões? É difícil, mas foi conseguido.

Mas preocupante é o investimento de 37 milhões em jogadores, como Jara, Alípio, Rodrigo, Roberto e Gaitan, que não trouxeram nenhuma mais valia à equipa. Esta é a triste realidade do nosso futebol, investimentos de muitos milhões em jogadores, com resultados desportivos duvidosos.

Ano após ano, o passivo aumenta, não se reduzem custos, não se aposta na formação, contrantam-se jogadores sem critério, etc. Mas na mente da maioria do povo Benfiquista está tudo bem. Criticar os responsáveis pelo clube é crime. Espero estar enganado, mas num futuro não muito longínquo a equipa do Benfica perderá os seus principais activos (Coentrão e David Luís), e a ver pelos exemplos anteriores, não conseguiremos colmatar essas saídas. E depois o que nos espera? Uma longa travessia no deserto.

Todos felizes

O Sporting ficou feliz porque vendeu Moutinho, o Porto ficou feliz porque comprou Moutinho e Moutinho ficou feliz porque foi para o Porto.

Paulo
Bento em entrevista a Record (sem link)

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Acreditam em coincidências?

Está escolhido o árbitro para o Porto - Benfica, marcado para o próximo domingo no Estádio do Dragão. A Liga de Clubes anunciou que se trata do lisboeta Pedro Proença.

Quem melhor
para apitar um jogo destes se não o Pedro Proença. Precisamente aquele que conseguiu a uma distância de dois metros, marcar um penalti inexistente sobre o Lisandro, na época 2008/2009. Facto que se revelou decisivo para o empate do Benfica nesse jogo, com influência no desfecho do campeonato. Este acto foi premeditado, e fica na história como um dos maiores roubos do futebol Luso.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Vitória na supertaça. Prenuncio de uma boa semana

Que esta vitória seja o prenuncio de (mais) uma grande temporada. E de uma boa semana...

sábado, 30 de outubro de 2010

Objectivo cumprido em triplicado

Mais uma vitória, a quinta consecutiva, sem sofrer golos e sem nenhum jogador excluído para o jogo no Estádio do Dragão.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Mesmo com chuva vento e frio, é obrigatório ganhar

Liga Sagres, jornada 9
Benfica - Paços de Ferreira
Estádio da Luz, 20,15h

É aproveitar estas primeiras chuvas de Outono, espetar três ou quatro batatas aos de Paços, assegurar os três pontos, pressionar o Porto e deixar o pessoal com vontade de regressar, na Terça
.

Até quando?

A RTP, particularmente a RTPN, em que o N não significa notícias mas sim Norte, totalmente dominada por cromos afectos ao FC Porto, ao sentirem a contestação ao senhor Pedro Caixinha, e com a intenção de tapar o sol, mas mais uma vez utilizando uma "peneira", convidaram-no para se explicar (limpar) do facto de não ter usado a equipa principal contra o FC Porto no Estádio do Dragão.

Mais uma tentativa de branqueamento levada a efeito por uma entidade que é paga por todos os contribuintes portugueses, mas está ao serviço de um clube de uma única região de Portugal. Até quando?

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

O Pinto arbitra. Já está "ambientado" com o assunto

A "esmagadora maioria dos árbitros portugueses" está a mostrar-se indisponível para apitar a 6 e 7 de Novembro, quando se disputa o jogo FC Porto-Benfica, revelou o presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), Luís Guilherme.

O Pintinho!O sr. Pinto da Costa arbitra!
É competente, isento e "parcialmente" imparcial.
Ginasticado, aguenta facilmente 4 minutos de corrida para acompanhar o David Luís, e com fôlego suficiente, para apitar 6 penaltis a favor do Porto e 4 expulsões ao Benfica.

E porquê Pinto da Costa. Simples, porque está mais "ambientado" com o assunto! Até convive com os árbitros de muito perto! Que o diga Duarte Gomes, que quando tem problemas familiares, vai-se aconselhar com Pinto da Costa, na casa dele.

FANTASTICO NÃO É? Se se quiser isenção, nomeia-se o Pintinho.

Isto não é para levar a sério, pois não?

Com 7 pontos para recuperar e o futuro na Champions hipotecado, mais o jogo com o Braga para a Taça, vai-se a Angola participar nos festejos da independência, com, imagine-se, nas palavras de Luís Filipe Vieira, todas as estrelas benfiquistas, "salvo os lesionados". Dá para acreditar?

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Luís Filipe Vieira não deve ter gostado

Estou com certeza entre os cinco melhores presidentes da história do Benfica, juntamente com nomes como Joaquim Ferreira Bogalho, Fernando Martins, Ferreira Queimado. A partir de Fernando Martins, melhor só eu.

Manuel Vilarinho, ex-presidente do Benfica em entrevista ABola

O polvo Paul morreu...

... o Polvo AZUL português, também já não deve durar muito!

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Em que acreditar?

Muito sinceramente, não sei o que pensar depois do jogo do fim de semana. O meu lado mais racional faz-me pensar que, uma vez mais, fomos incapazes de entrar no jogo para decidi-lo o mais rapidamente possível. Que andámos a praticar um futebol deprimente. Que, durante o jogo, fomos incapazes de criar jogadas de ataque consecutivas que merecessem essa designação, transformando a maior posse de bola em lances previsíveis, sem mudanças de velocidade, sem idas à linha final, sem diagonais capazes de abanar o sistema adversário. Que continuamos a insistir em certos jogadores e que as nossas contratações estão a ser aquilo que eu esperava delas, isto é más.

Que o Jorge Jesus foi capaz de ganhar a dar espectáculo, pode não ser capaz de dar-nos o futebol que queremos (com este sistema táctico e com estes jogadores), necessário para pintar o país novamente de vermelho e branco.

O meu lado de Benfiquista doente faz-me pensar que foi uma vitória de classe, em que os jogadores, diga-se, foram capazes de acreditar e controlar o jogo até ao fim.
Em que vencemos a falta de inspiração.
Em que vencemos as lesões (Coentrão, Cardoso, Ruben Amorim).
Em que recuperamos um jogador (César Peixoto).
Em que, como sempre, tivemos adeptos nas bancadas, a apoiar de princípio ao fim. Em que vi uma equipa inteira, de punhos cerrados, a festejar a vitória. Que o Cardozo, Coentrão e Amorim vão regressar e isto vai melhorar de forma inacreditável. E que, depois, chega Dezembro e vamos contratar verdadeiros reforços.
Que somos a equipa que nesta Liga mais domina, mais remata à baliza, mais volume de futebol ofensivo consegue criar. E que só faltam golos para embalarmos para exibições convincentes que nos façam acreditar ser possível o título de campeão.

Mas, actualmente, ser do Benfica é mesmo isto, não é? Andar alegremente angustiado, querendo acreditar em feitos enormes, sem saber o que se seguirá a cada festejo.

Por cá reina o silêncio

Uma investigação do jornal britânico Sunday Times está a lançar o caos e a suspeição sobre o processo de selecção dos anfitriões dos Mundiais de 2018 e 2022 (aqui).

Para além das revelações do primeiro daqueles jornais, na sua edição da semana passada, de que alguns membros do Comité Executivo da FIFA se mostraram receptivos a subornos para definirem o seu sentido de voto, há a acrescentar esta semana a declaração do antigo secretário-geral daquela organização, Michel Zen-Ruffinen (sem saber que era filmado e que falava com repórteres jornalísticos) de haver concluio ilícito entre as candidaturas Portugal/Espanha ao Mundial de 2018 e do Qatar ao Mundial de 2022.

O comité de ética da FIFA, organismo de cuja eficácia me permito duvidar, está já a investigar o assunto. Por cá reina o silêncio. Vamos a ver no que isto dá.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Não temos sabido gerir e perpetuar o sucesso

Os grandes campeões mostram a sua raça, não no ano em que se sagram campeões mas no ano imediatamente a seguir.

Gerir e perpetuar o sucesso, isso sim, é só para alguns. Está mais que provado que o sucesso caiu mal na generalidade do plantel do Benfica, transformando-os em jogadores displicentes, desconcentrados, vaidosos.

Aquilo a que temos assistido, é a verdadeira ressaca de um ano bom ao qual tipos mentalmente fracos não souberam reagir do melhor modo. É pena que a profecia do Veiga se torne cada vez mais em verdade. Disse então o Veiga que com este tipo de liderança o Benfica ganharia qualquer coisita de 5 em 5 anos.

Para um clube com a dimensão do Benfica, é manifestamente pouco.

domingo, 24 de outubro de 2010

Vitória justa, embora escassa

Vitória justa do Benfica, embora escassa. Mas, mais uma pobre exibição. Valeu-vos certamente hoje, termos defrontado a equipa que juntamente com o Rio Ave, são as mais fracas da competição.

Mas isso são contas de outro rosário,
o que conta e fica para a história é que o Benfica, somou três pontos e continua na luta.

O resto
é conversa, não da “peta” mas da “treta”.

Em Portimão, que Benfica?

Num belo dia de Outono, convidativo a uma ida ao futebol, na mente dos Benfiquistas há uma pergunta que persiste: hoje, contra o Portimonense, que Benfica vamos ter? O que esmaga os adversários ou o do Lyon? O que marca golos ou o que os falha? O que entra para ganhar e resolver o jogo ou o que espera que aconteça algo para acordar?

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Os "Os Bin ladens" têm nome: Pinto da Costa, Valentim Loureiro, Pinto de Sousa, Lourenço Pinto, Antero Henrique ...

"Espero que esta exibição, com dez e nove jogadores, e com uma arbitragem inacreditável, cale de vez os Bin Laden do futebol português”
Pinto da Costa, num momento em que lançou mais umas bufas e para desanuviar o ambiente destilou ódio ao mesmo de sempre, o Glorioso.

"Os Bin ladens" têm nome Sr. comerciante de fruta: Pinto da Costa, Valentim Loureiro, Pinto de Sousa, Lourenço Pinto, Antero Henrique, entre outros. Sem a actuação desses "bin ladens" no plano interno, não chegarias a destilar o ódio ao mesmo de sempre (esta gente não consegue abrir a boca sem pensar no glorioso) cada vez que ganhas lá fora. É o complexo de pequenez, como dizia o Baía, o Porto fecha-se nele próprio e só se abre para destilar ódio aos outros, nomeadamente ao Benfica.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

É a chamada fruta fresca

It’s the never ending stoooooory… aaaah, aaaah …

Dizia o jesus que iríamos ser campeões europeus. Nem na playstation

Duas partes distintas: na primeira o Benfica embora denotando alguma dificuldade, lá conseguiu conter o maior e mais vistoso futebol dos franceses; na segunda parte, com menos um homem, as dificuldades para o Benfica, aumentaram de tal maneira que nos valeu o facto de os “deuses” hoje estarem com Roberto e os franceses terem praticamente abdicado de marcar mais golos, talvez surpreendidos com tanta facilidade, ou então por respeito aos nossos compatriotas emigrantes que lá se safaram de mais uma semana de arreliadora chacota por parte dos franceses.

Realmente o Benfica não jogou nada. Foi uma derrota merecida. Quer-me parecer que o Jorge Jesus não soube/conseguiu/pode (qualquer que seja a razão), adaptar as suas ideias de equipa aos jogadores que tem, depois da saída do Ramirez e do Di Maria. Não antevejo grande época a esta equipa do Benfica.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Mais importante que o espectáculo é ganhar

Liga dos campeões
19h 45, Lyon - Benfica

Mais do que jogar bem, é importante somar três pontos para estar na luta. Caro Jesus, não penses que com esta frase, defendo o regresso da teoria de que quem quiser ver um espectáculo, o melhor que tem a fazer é ir ao cinema. Faz parte da história do Benfica empolgar quem está nas bancadas, mas hoje, parece-me, mais importante que o espectáculo é ganhar.

Oh, que simpático!

Em entrevista à SIC, Deco considera que não vale a pena responder a Carlos Queiroz, uma vez que nunca considerou que o ex-seleccionador fosse grande treinador, apenas um treinador "razoável".

Razoável
? Achei bastante simpático por parte do Deco. Não diria tanto...

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Agora já se fala num novo MAIO DE 68. A ver vamos...

O Benfica visita Lyon, com a França no caos, com portos, estradas e zonas industriais totalmente bloqueadas por camionistas e outros grevistas.

País guia das lutas contra os tiranos, a França de hoje, e o mundo em geral, enfrentam uma tirania muito mais sofisticada do que aquela dos finais do século XVIII.

A burguesia sofisticou o modo capitalista de explorar a humanidade escondendo o rosto dos exploradores e aliciando a pequena burguesia a entrar na mesma roda para se darem ares de grandes burgueses. Hoje é uma oligarquia dissimulada sob a capa da democracia que trabalha afanosamente para manter os privilégios das aristocracias seculares.

São os cães de fila da classe política os seus servidores. Mas como a mentira tem perna curta e este embuste já dura há demasiado tempo, acho que chegou o fim do capitalismo anarquista usurpador do Estado para seu benefício.

Apesar de nas últimas décadas terem roubado as ideologias aos povos, eis que estes se levantam quando os ditadores, em desespero de causa, levam longe demais os seus intentos para salvar o seu 'sistema'. Força povo francês! Sempre tive a esperança que é por aí que de novo se vai levantar uma nova frente de combate para repor a Liberdade, Igualdade, Fraternidade.

Não nos esquecemos, que todas as transformações que a História nos ensina na Europa tiveram o seu inicio em França, que já foi a capital da Cultura europeia. Agora já se fala num novo MAIO DE 68. A ver vamos...

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Já tenho saudades tuas, pá!

É ponto assente. Esta será a última época de Nuno Gomes a jogar com a camisola do Benfica.

De todos os jogadores do plantel és dos poucos que sabe o que é o Benfica. É com pena que vejo a tua ausência dos relvados mas é com preocupação que penso na tua ausência no balneário.

Obrigado Nuno, por tudo o que fizeste pelo futebol português e principalmente pelo teu GLORIOSO percurso no BENFICA.

Só gostava de saber quem são a Mamers B.V., a Gol Football Luxembourg e a Pearl Design Holding Ltd

A Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD, informou a CMVM, que alienou parte dos "direitos económicos" de três jogadores contratados recentemente: João Moutinho, James Rodriguez e Walter.

Tudo isto era normal, tal como aconteceu no Benfica quando criou o fundo de jogadores. Agora enquanto o Benfica encontra parceiros credíveis, eu só gostava de saber quem são a Mamers B.V., a Gol Football Luxembourg e a Pearl Design Holding Ltd.

Não querendo ser ingénuo: o facto de estas empresas estarem provavelmente em offshores, como as ilhas caimão não faz disto uma transação financeira ilegal?

PS- Isto é tão estranho, que imagine-se o Jogo traz esta notícia: "Após uma simples pesquisa na internet, não é encontrada praticamente nenhuma referência às empresas em questão, com excepção da Pearl Design Holding Ltd., que adquiriu parte do passe do brasileiro Walter. Relativamente a esta, percebe-se apenas que está sediada em Bristol, em Inglaterra."
in O JOGO, 16/10/
2010

domingo, 17 de outubro de 2010

Chocante

O Chelsea, clube inglês de futebol, pagou 10 mil libras (11.369 euros) ao Northampton Town, para contratar Michael Gyasi, um jovem de 11 anos. Esta é uma notícia chocante, pois esta é uma forma encapotada de traficar e explorar menores. Quem pode assegurar que um miúdo de 11 anos, por mais habilidoso que seja, vai ser uma estrela do futebol mundial? E tudo isto com o beneplácito da FIFA. Esta "organização" tão "transparente"...

sábado, 16 de outubro de 2010

Festa da taça sem bolas de golfe

Benfica-Arouca
Estádio da Luz, 21h30.

Os adeptos do Arouca serão benvindos ao estádio da luz. Podem vir em família, que na LUZ não há
bolas de golf.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Como? Perdemos a vergonha?

"O jogo do Porto é o único que não cumpre os pressupostos em que assentou o pedido dos órgãos sociais. O FC Porto, com esta Direcção, nunca se baterá pela verdade desportiva", disse à agência Lusa uma fonte do Benfica.

Como? Perdemos a vergonha? Então vamos dar dinheiro ao clube que não defende a verdade desportiva, e aos outros que a defendem vamos deixar os estádios, às moscas? Palavra, que gostava de perceber a estratégia da direcção do Benfica. Mas o que realmente temo é que não tenhamos nenhuma.

São para devolver, certo?

Isto realmente é de uma estupidez atroz da direcção do Benfica. Enviam cartas aos sócios a pedir para não ir aos jogos fora e agora solicitam 2.500 bilhetes para o dragão?

Sem ofensa para o roupeiro do Benfica

"Relativamente à expressão do presidente do Benfica, não sei qual é mais ridículo ou caricato, se a minha reação ou o comunicado em que sugere abandonar uma competição e o não acompanhamento (dos adeptos) aos jogos fora"

Villas Boas, em conferência de imprensa

Espero que Luís Filipe Vieira não cometa a estupidez de responder a este fantoche. Se o Benfica quer responder que o faça através do roupeiro.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Fica bem MAS soa a falso

André Villas Boas decidiu, outra vez, referir-se à arbitragem do jogo de Guimarães, para realçar a sua dignidade em ter admitido o seu erro. Nada mais falso. Em minha casa os meus pais costumavam dizer-me que um pedido de desculpas seguido de um "mas" não é verdadeiro.

Hoje vejo a sua sabedoria com outros olhos: "Errei MAS não retiro o que disse sobre a avaliação geral da arbitragem desse encontro"; "Errei MAS foi ilusão de óptica colectiva".

Fica bem MAS soa a falso, principalmente porque ainda se presta a comparar esta arbitragem e a sua reacção com as do Guimarães-Benfica. Quer-me parecer que o lance não foi uma ilusão de óptica, mas antes uma Alucinação (Em)Patológica.

Estão de facto à beirinha do fim

O campo Pequeno, mudou-se para Alvalade.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

A revolução na formação começa a dar frutos

Se tivermos em atenção os escalões mais jovens começam a notar-se claros resultados da reformulação brutal que o Benfica efectuou nas camadas jovens. E nesses escalões o Benfica começa a dominar, como se constata na última convocatória de Sub 16.

Benfica
: Alexandre Alfaiate, João Gomes, João Nunes, Marcos Lopes, Rafael Almeida, Raphael Guzzo, Rebocho e Rui Caniço (8);
CAD Entroncamento: Carlos Oliveira;Olímpico Montijo: Miguel Lázaro;
FC Porto: Babibiky Nancassa, Francisco Costa e Luís Alves (3);
Os Sadinenses: Miguel Palha;
Padroense: André Silva, Francisco Ramos e Vitor Andrade;
Sporting: Ricardo Tavares (1)

Está
de parabéns a estrutura de formação do clube.