sexta-feira, 26 de março de 2010

Uma águia que vale ouro

O espanhol Juan Barnabé tem remunerações anuais de 200 mil euros - ao nível, quase, do administrador Rui Costa. O treinador da águia Vitória - grande animadora dos jogos no Estádio da Luz e estrela de muitas festas benfiquistas por todo o País - tem um salário anual de 60 mil, pago pelo clube. Mas recebe 70 mil adicionais em "produtos derivados" e outros 70 mil provenientes de fotos tiradas por turistas. "O espectáculo bem ensaiado que antecede cada jogo [na Luz] rende 200 mil por ano ao espanhol que faz voar a águia", lê-se na edição de terça-feira do "L'Équipe". Esta remuneração coloca Barnabé entre as pessoas mais bem pagas do universo benfiquista (excluindo, naturalmente, jogadores profissionais e corpo técnico do futebol) - muito perto, inclusive, do salário pago a Rui Costa (117 mil euros no primeiro semestre de 2009/10, de acordo com o relatório consolidado da Benfica SAD). Ainda segundo o diário francês, Juan Barnabé tenciona "exportar o espectáculo da águia um pouco por toda a Europa": "Pelo menos nos estádios de clubes cujo emblema inclui uma águia: Eintracht Frankfurt, Besiktas e, porque não?, Nice".
Informação recolhida, na edição impressa do jornal Ojogo

1 comentário:

  1. Boas.

    Benfica ou Braga? Quem irá sair a rir da Luz?

    Dê a sua opinião aqui:
    http://oladodofutebolquenuncaviram.blogspot.com/2010/03/benfica-ou-braga-quem-sair-rir-da-luz.html

    Abraço

    ResponderEliminar