sábado, 17 de setembro de 2011

Foi pior a emenda que o soneto

"Toda a gente erra", disse ontem Ricardo Carvalho em entrevista à Real Madrid TV, justificando a polémica que o fez abandonar o estágio da selecção nacional.

Tinha a ideia que Ricardo tinha uma personalidade humilde e equilibrada, por isso julguei que o que tinha feito teria a sua razão de ser, mas esta atitude de emendar a mão para evitar castigos ou perder prestígio, tirou-lhe, a meu ver, a verticalidade de homem que assume as suas convicções para o tornar no menino irresponsável arrependido. Resumindo: foi pior a emenda que o soneto!

3 comentários:

  1. Não concordo. Assumir os seus próprios erros é de homem com H grande.

    ResponderEliminar
  2. Penso que todos nós que gostamos de futebol, um dia na infância sonhamos com 2 coisas:
    -vestir pelo menos uma vez na vida 2 camisolas, a do clube e a da selecção.

    O sonho da infancia era jogar e fazer carreira no clube do coração, ser ídolo e quem sabe, chegar ao ponto máximo, a selecção nacional.

    Ricardo Carvalho, para além de ter feito uma grande carreira no clube do coração, fez também na selecção e em mais 2 outros grandes clubes europeus, 1º em inglaterra e hoje em dia em espanha.
    Conseguiu realizar o sonho.

    E jogou tudo fora em termos de selecção por vedetismo, birrinha, ou sei lá sei lá como diz a musiquinha do pai da criança.

    Fosse eu quem mandasse na FPF, Ricardo Carvalho nunca mais vestia a camisola da selecção.

    Neste ponto, o risco ao meio está coberto de razão.

    ResponderEliminar
  3. Gostaria de trocar links com o vosso blog.
    http://mistica-vermelha.blogspot.com/
    (aguardo resposta)

    ResponderEliminar